Fotografias estilo ‘TUMBLR’

  Quem não gosta daquelas fotos maravilhosas que encontramos pelo TUMBLR WEHEART IT ou PINTEREST?

No início de Outubro conheci o Nazar, um jovem fotografo de Braga, através de um amigo meu, o Yosyp.

O Yosyp foi chamado pelo Nazar para fazer uma sessão fotográfica inspirada nos trabalhos do Brandon Woelfel, mas o Nazar precisava de uma rapariga também e perguntou ao Yosyp se ele conhecia alguém que se encaixasse dentro do perfil e foi aí que eu surgi no meio de toda a história ahah!

O Yosyp contactou-me e lançou a proposta, sendo que eu a aceitei quase que de imediato, uns dias depois fui para Braga e fiz a sessão com o Yosyp nessa mesma noite.

O resultado superou as minhas expectativas e eu como boa vlogger que sou não podia deixar de partilhar o todo o processo no meu canal 🖤

Instagram Nazar (fotógrafo): @nazarc13
Instagram Yosyp (modelo): @ucra19

Foi uma ótima experiência e fico feliz em ter participado nela, não só pelo facto de ter ganho fotografias tão bonitas, mas também por ter tido a oportunidade de conhecer alguém tão talentoso como o Nazar, com o qual eu conto em fazer mais alguns trabalhos no futuro.

IMG_1449IMG_147322472364_755260814666093_538275562_nIMG_146022447543_755260661332775_464228896_n

 

 

O que acharam do trabalho do Nazar? Incrível não?

XX Carol

Vlogging – experiência

Hey Girs! Como muitas de devem recordar no artigo anterior pedi algumas sugestões para aquilo que gostariam de ver de novo no Blog e recebi um e-mail com uma sugestão interessante. Confesso que já me tinha passado pela cabeça fazer vídeos, mas nunca considerei realmente a ideia, até ter recebido o e-mail ahah.

Eu não sei o que vai sair daqui, muito menos tenho experiência para tal, mas acho que se não tentar também nunca vou saber, portanto a partir de amanhã vou começar a filmar parte do meu dia-a-dia e quem sabe, vocês possam vir a gostar ^-^

Espero feedback

XX Carol

Novas Fases

Estamos no início de 2017, ainda que hoje seja o 23º dia do ano, tenho muito pela frente e acredito que tal como eu, muitas de vocês fizeram planos e listas de tudo aquilo que querem realizar este ano e tudo o que simplesmente optaram por deixar ir para seguir em frente.

Eu pessoalmente, passei por enumeras situações decisivas nos últimos meses. Vi-me obrigada a dizer “adeus” a muita coisa que eu nem sequer percebia que me faziam mal.

Tomei decisões importantes e fechei os olhos a tudo e a todos, para que desta vez, nenhuma opinião alheia, fosse afetar as minhas tomadas de decisão.

Estou neste exato momento, sentada, a escrever e a pensar naquilo quero para mim, naquilo que preciso para realmente me sentir realizada comigo mesma, enquanto tento de alguma forma, criar hábitos novos na minha vida e tentar tornar todo o tempo que eu tenho, o mais produtivo o possível. Quero escrever mais, ler mais, aprender, tornar-me mais dinâmica e influenciar positivamente outras pessoas e outras vidas.

Eu não sei ainda como vou fazer isto tudo, mas eu quero fazer, e querer é o 1º passo para realizar! Agora eu só tenho de tornar isto real!

Com este post, eu gostava de pedir a todas vocês, leitoras queridas, que me deixassem algum comentário, alguma sugestão daquilo que gostariam de ver no blog, para que eu tornar as minhas aspirações em algo real, não só para mim, mas para todos os que me seguem e me acompanham.

XX Carol

“Sinto-me só até quando não estou sozinha.”

“Eu não sei o que é, tenho uma pequena noção de onde vem o desânimo, o abatimento, a pouca vontade de sorrir, mas não sei explicar porque me sinto assim.

Não consigo dormir, nem quero fazê-lo, sinto-me cansada apesar de tudo, mas odeio fechar os olhos.

Estou extremamente desapontada comigo mesma. Deixei-me levar por insignificâncias, medos, pessoas que não valiam a pena e dei a perder aquilo que realmente deveria ser a minha preocupação principal.

Sinto a minha cabeça a andar à roda, num ciclo vicioso onde eu prometi a mim mesma que não voltava a entrar, mas cá estou eu de novo. Receosa, assustada!

Constantemente, tenho uma vontade insana de chorar. Ceder e chorar a minha frustração, porém, não posso, porque isso implicaria dar a conhecer um lado de mim que ninguém pode saber que existe.

Imponho a mim mesma passar a imagem certa, aquela das redes sociais onde faço o que posso para agradar o maior número de pessoas possível, com as fotos bonitas e sorrisos bem ensaiados.

Minto fazendo-me acreditar que aquilo que eu posto é a minha realidade. Não tenho problemas, sou popular e feliz.

Mal eles sabem que às vezes são 6 horas da manhã e eu estou acordada a chorar. Prestes a explodir sem saber que rumo tomar ou o que fazer.

Quero tanto transparecer uma vida ideal, que esqueço da minha realidade e consequentemente, do que se está a passar, do que eu estou a permitir que se passe.

Quero tanto acreditar que as coisas estão bem, que aquilo que um dia me partiu o coração já não me afeta, mas a quem é que eu estou a mentir? Vivo e revivo cada palavra, cada instante e então percebo que perdoar não tem nada a ver com esquecer e que por muito que tente não pensar, às vezes torna-se inevitável.

Tenho medo de me arrepender. Sinto-me só até quando não estou sozinha. Desprotegida.

Adorava ser outra pessoa. Alguém que não sentisse tudo com tanta intensidade, que não se magoasse tão facilmente. Gostava de conseguir ser mais fria, mais dura. Custa-me dizer não, mesmo quando me posso prejudicar.

É terrível dizer que por vezes, penso que tudo seria melhor se eu não existisse.

Seria mau demais classificar-me como um desperdício de espaço?

Não tenho coragem para me impor, me manifestar. Ser eu mesma é me impossível, sei que se eu o fosse, provavelmente estaria ainda mais só e é por isso que me escondo, que me retraio e que me impeço de falar o que realmente quero dizer, porque isso implicaria perder quem eu tenho.

Há dias em que nem mesmo quem eu tenho, parece ser meu. Esses são os meus piores dias, por motivos diferentes.

Queria certezas na vida, mas nada parece certo. Sinto-me sempre culpada de tudo o que acontece, até quando não tenho culpa nenhuma.

Estou cansada das aparências, das mentiras.

Não tenho nenhum propósito, nenhum objetivo de vida.

Queria que tudo fosse diferente, melhor. Queria ser outra pessoa.”

XX Carol

Bolo de Aipim com Coco

Oi meninas…eu hoje acordei com saudades da minha infância. Em dia de feira, a minha mãe comprava mandioca, bem cozida e com manteiga…DELÍCIA!

Aí lembrei-me do bolo de mandioca (também conhecida como aipim, macaxeira…) com coco e a vontade de comer não me deixou outra opção.

 

Ingredientes:

1 unidade de mandioca (escolha uma grande)

1 xícara  de açúcar

2 col sopa de manteiga amolecida

200 ml de leite de coco( 1 lata)

1 pacote de coco ralado (200grs)

1 pitada de sal

1 xícara (chá) de leite

2 ovos

 

Modo de preparo:

Cozer a mandioca cortada aos pedaços … .basta uns 10 minutos

Descasque e corte em pedaços menores

No liquidificador, coloque a mandioca, o leite, os ovos, o leite de coco e a manteiga.

Bata tudo durante 1 minuto

Acrescente o açúcar, o coco ralado e o sal e bata mais um pouco.

Despeje o creme em uma forma redonda untada e coloque a massa no forno por 35 minutos ou até que colocando o palito ele saia limpo.

Bom apetite!

Brunch de Domingo – Vem visitar a Casinha Boutique Café

O post vem com um dia de atraso, mas ainda é válido.

Ontem voltei a sair com os meus pais e desta vez, fomos visitar Casinha Boutique Café em Braga.

É mais um sítio maravilhoso que tu tens de visitar. Para além da localização perfeita, na zona histórica da cidade, no Largo do Paço (perto da Sé), o estabelecimento conta com um atendimento e um ambiente agradável.

Deixo aqui as minhas fotografias 😉

#Camu

#Camu

#Camu

#Camu

#Camu

#Camu

Selfiezinha na casa-de-banho ahahah

#Camu

XX Carol

#Stylish Girl – Rita Ora

Rainha de um estilo ecléctico e um tanto controverso, não acham?

XX Carol

Luanna Perez – Inspira-te

Quando penso em Grunge é quase que inevitável não me lembrar do nome da Luanna Perez.

Desde o cabelo vermelho com californianas, aos sempre bem-vindos creepers, há toda uma identidade incomum e cativante no estilo dela.

Descobri esta Blogger quando tinha 17 anos. Lembro-me de estar no Tumblr quando vi uma fotografia dela e apaixonei-me de caras.

Hoje em dia acompanho-a através do LookBook e claro, do Instagram. Para além destas redes sociais, também a podemos acompanhar através do seu Blog pessoal, Le Happy, do Twitter e também do seu canal no Youtube.

Luanna Perez é sem sombra de dúvidas, um ponto de referência para mim, não só por causa dos outfits irreverentes, mas acima de tudo, pelo seu estilo de vida invejável. (TIPO O FATO DE ELA MORAR EM NOVA IORQUE :o)

Aqui ficam algumas imagens ❤


IMG_5135pp-copy-630x970

 

IMG_9270-2fa-630x974

large

luannaperez1

ma45e0-l-610x610-jacket-luanna-perez-denim-jacket-button-up

SKU04293940

tumblr_mdimao24e11qg6zvqo1_500

tumblr_mf3fpqkAhR1rd4btqo1_500

tumblr_mfoyqpy3hi1r5lzpno1_500

tumblr_mq1bgz3si71rcusbao1_500

 

 

Espero que tenham gostado XX Carol ❤