‘a história nunca acabou’ – LIVRO

Admito que já estive nesta mesma posição umas quantas vezes e que prometi a mim mesma levar isto até ao fim, mas nunca o fiz.

Não percebia porque nunca conseguia acabar uma história, até hoje.

Quando comecei a escrever Lady Rebel eu tinha 17 anos. Era uma miúda… aos 19 embarquei na viagem de Vagalumes de Inverno e ainda nessa altura, eu não era madura o suficiente para conseguir alcançar o tipo de história que idealizei.

No início deste ano, peguei em ambas as fanfics e reli-as. Corrigi e revi, tudo aquilo que tinha para rever, mas no final não consegui avançar com nenhuma delas.

Decidi por os planos de lado então e da noite para o dia, ‘a história nunca acabou’ surgiu.

Desta vez de um ângulo completamente diferente e muito mais intimo, onde me inspiro nas pessoas do meu quotidiano para criar as personagens deste minha nova aventura literária sobre mim mesma e a minha vida.

Leia a história AQUI 
Espero conseguir captar a atenção de alguns de vocês e desde já, obrigada ❤
XX Carol

 

IT Girl do Dia – Sophie Milner

Provavelmente a minha principal referencia nos últimos tempos e certamente todas vocês também vão se apaixonar pelos outfits dela.

É uma Blogger e Youtuber inglesa de 30 anos, com um estilo efortless fashion e super trendy.  A sua conta de Instagram já conta com quase 70 000 seguidores e o seu reconhecimento no mundo da moda, não para de crescer.

Sophie Milner é criativa, divertida e dona de um guarda-roupa invejável, que me tem feito suspirar nos últimos tempos.

Deixo aqui alguns dos looks de inverno dela, publicados no seu instagram 😉

725425878445877895ppjsop

XX Carol

ANA CAROLINA – Os meus VLOGS

Faz pouco mais de 3 meses desde que comecei o meu canal e achei que seria uma boa altura, para vos falar um pouco acerca da minha experiência, até então, no mundo do YouTube.

Eu comecei o canal um tanto quanto incentivada por amigos e pelos meus pais, já tinha pensado várias vezes em fazê-lo, mas o receio da aceitação, sempre me fez voltar com a ideia para trás. O que é bastante idiota, diga-se de passagem!

Mas felizmente superei esse medo e decidi investir em algo que eu sabia que gostava e em que eu acreditava que tinha algum talento.

Sempre me vi como uma espécie de “influencer”, as minhas amigas em especial, tinham o hábito de me dizer que se inspiravam em mim para isto ou para aquilo, e claro que eu gostava de saber que era tida como referência. Com o passar do tempo eu fui notando que realmente algo em mim inspirava aqueles ao meu redor, principalmente, a agir de x forma, fosse através de novas peças no guarda roupa, fosse na vida social.

Essa foi a minha principal razão para dar início a este projeto.

É recente e ainda não sei onde ele me poderá levar, mas eu sinto que estou a ter um bom início e que a resposta está a ser bastante positiva, é certo que quero continuar até quando puder com isto e quem sabe, um dia, poder-me dedicar a sério.

A todas as minhas leitoras que ainda não tiveram a oportunidade de conhecer o meu canal, eu deixo aqui 2 vídeos, espero que gostem e não se esqueçam de subscrever, deixar um like e quem sabe, um comentário 😉

 

 

XX Carol

Fotografias estilo ‘TUMBLR’

  Quem não gosta daquelas fotos maravilhosas que encontramos pelo TUMBLR WEHEART IT ou PINTEREST?

No início de Outubro conheci o Nazar, um jovem fotografo de Braga, através de um amigo meu, o Yosyp.

O Yosyp foi chamado pelo Nazar para fazer uma sessão fotográfica inspirada nos trabalhos do Brandon Woelfel, mas o Nazar precisava de uma rapariga também e perguntou ao Yosyp se ele conhecia alguém que se encaixasse dentro do perfil e foi aí que eu surgi no meio de toda a história ahah!

O Yosyp contactou-me e lançou a proposta, sendo que eu a aceitei quase que de imediato, uns dias depois fui para Braga e fiz a sessão com o Yosyp nessa mesma noite.

O resultado superou as minhas expectativas e eu como boa vlogger que sou não podia deixar de partilhar o todo o processo no meu canal 🖤

Instagram Nazar (fotógrafo): @nazarc13
Instagram Yosyp (modelo): @ucra19

Foi uma ótima experiência e fico feliz em ter participado nela, não só pelo facto de ter ganho fotografias tão bonitas, mas também por ter tido a oportunidade de conhecer alguém tão talentoso como o Nazar, com o qual eu conto em fazer mais alguns trabalhos no futuro.

IMG_1449IMG_147322472364_755260814666093_538275562_nIMG_146022447543_755260661332775_464228896_n

 

 

O que acharam do trabalho do Nazar? Incrível não?

XX Carol

Recomeçar.

Eu estive bastante ausente nos últimos meses. Ao que parece, a minha vida deu algumas outras tantas voltas que eu não esperava e eu vi-me completamente desmotivada para escrever, ou sequer, querer manter o blog.

Eu sou muito inconstante, é verdade, e essa inconstância tem me atrapalhado bastante nos últimos anos da minha vida, o que se reflete em tudo um pouco, até aqui, no blog…

Eu hoje acordei com o mesmo espírito dos últimos tempos, talvez até um pouco mais nostálgica, sonhei com alguém que eu amei (e talvez ainda ame) e isso tocou-me mais do que devia, mas também acordei com um sentimento de insatisfação. Senti-me aborrecida comigo mesma e com a minha atitude perante a vida. Saber que não sou quem eu estou a demonstrar ser deixou-me completamente perdida, então eu parei para refletir.

Eu tenho 22 anos e sei quem sou, eu sei do que gosto e do que não gosto, eu sei o que quero e certamente sei o que não quero para mim, então o que está a falhar?

Eu tenho pais e irmã maravilhosos, eu não vivo à larga, mas não sou nenhuma pobre coitada também, eu sou nova e tenho toda uma vida à minha espera, não me falta nada! Mas então porque é que eu vivo em constante insatisfação?

Eu não sei, nem sei quando vou saber a resposta a esta questão, mas eu sei que enquanto eu me mantiver assim, em pausa para mim mesma, eu não vou obter resposta alguma.

Hoje, dia 4 de Novembro de 2017 eu decidi que isso tinha de mudar. Eu quero mudar os meus hábitos, as minhas rotinas, eu quero me dedicar mais e entregar-me mais ao que eu gosto e ao que eu ambiciono, e hoje é o dia perfeito para isso!

Vou caminhar com bastantes incertezas dentro de mim, mas nada é certo na vida e eu sei que estou pronta para o que der e vier.

Obrigada a qualquer um que tenha lido este texto até ao fim, espero ouvir de vocês muito em breve,

 

XX Carol

Eternidade (aqueles textos de inspiração momentânea)

Diz-lhes que me sentes.

Quando acordas de manhã e eu sou o teu primeiro pensamento, quando ligas a água fria do chuveiro e lembras-te de que eu prefiro quente, quando te perguntam o que tens feito e tudo o que te ocorre são memórias nossas.

Diz-lhes que me pertences, que quando estamos distantes, contamos os dias, que planeamos viagens que nunca iremos fazer e sonhos (quase) impossíveis. Ouvimos a chuva cair lá fora, deitados lado a lado e mesmo assim, nunca parece ser perto o suficiente.

Diz-lhes que te encontraste, quando te disse olhando no fundo dos olhos que eu também te sentia, eu também te pertencia.

E se amanhã eu não estiver mais aqui, não quero que sintas saudade.

Saudade é um sentimento longínquo e tudo aquilo que construímos, independentemente que sigamos ou não caminhos diferentes, será sempre eterno.

 

XX Carol

 

20 Imagens que te vão fazer (ainda mais) querer ir a Paris.

Hey Girls! Uma vez que estou ansiosamente a aguardar pela minha câmera  nova para começar os Vlogs, decidi trazer-vos hoje um novo estilo de post dedicado a destinos de sonho.

O primeiro destino não poderia ser outro senão Paris. Fui apenas uma vez lá quando tinha ainda 17 anos e foi sem dúvida uma das minhas viagens favoritas.

Infelizmente não tenho grandes fotografias minhas de quando lá estive, mas fiz uma pequena pesquisa e encontrei algumas das melhores imagens para vos aliciar a conhecer a cidade das luzes ❤

 

XX xx Carol

(4 beijos à moda francesa 😉 )

Querido Ex Namorado

“Podíamos ter sido tudo, mas preferiste fazer de nós nada.

Não sei em qual dia acordaste e viste que eu já não era boa o suficiente para ti. Não sei quando te apercebes-te que afinal eu não era alguém que quisesses apresentar aos teus amigos e chamar de tua namorada. Será que alguma vez fui mesmo TUA NAMORADA?

Eu achava que sim. Eu achava que gostavas de mim, tanto quanto eu gostava de ti e que falavas de mim tanto quanto eu. ENGANEI-ME.

Um dia deste-me a mão e soltaste-a, quando quem não devia ter notado, notou. Um dia abraçaste-me rápido e desfizeste o abraço, mais rápido ainda, quando percebeste que não estávamos sós.

De um dia para o outro, passaste a dizer-me que sentias muito mais do que mostravas e eu acreditei, porque doía mais se não acreditasse.

Devia ter ido embora quando amar-te passou a ser sinónimo de sofrer. Devia ter-te esquecido, quando te disse que para mim estava tudo acabado. Quando me mentiste, quando me fizeste sentir vergonha de ser como sou ao pensar que não era boa o suficiente, para ti e para os teus amigos que nunca sequer desconfiaram da minha existência. Devia ter-te ignorado, da mesma forma que tu me ignoraste ou castigaste, por às vezes ser ingénua demais para ver a maldade nos outros, que pareciam sempre querer tirar partido de mim.

Eu devia ter-te ignorado quando me procuraste, quando me fizeste perceber que ainda me amavas, quando me fizeste acreditar que ainda havia salvação para nós os dois…

Nunca te percebi, nem vou perceber… um dia queres-me só para ti, no outro nem te lembras que existo…

Cansei de ser lembrada só de vez em quando, quando não há ninguém melhor para te ocupar o tempo.

Desculpa a minha sinceridade, mas cansei de ser usada.

Espero que sejas feliz e não te desejo mal algum, mas para mim adeus é adeus e se foste covarde para nunca me dizer isso na cara, talvez eu seja corajosa para me despedir pelos dois.”

Mais um dos meus textos aleatórios, depois de uma temporada longe do blog!

XX Carol