Lugares
Deixe um Comentário

Diário de Viagem: Polónia

DSCF3162

“O mundo é um livro e aqueles que não viajam, lêem apenas uma página.” – St Augustine

Como já tinha referido no último post do blog, fui passar 4 dias à Polónia e tal como prometi, vou escrever um post inteiramente dedicado à experiência.

Fiz escala, por fui do Porto para Paris, depois Cracóvia e para voltar para Portugal, tive de passar ainda na Alemanha, Dortmund. Posso começar logo por dizer que a Cracóvia é uma cidade na qual eu imaginava-me a viver, sem qualquer dúvida. Fiquei apaixonada por todos os lugares e adorava poder voltar.

DSCF3156

Fui surpreendida logo assim que cheguei à cidade e descobri que o “Hostel Marta”, onde fiquei alojada, era na verdade um barco.

Visitei todos as principais atrações turísticas da Polónia, incluindo Auschwitz e Birkenau, os campos de concentração (provavelmente o momento mais importante de toda a minha viajem) e as Minas de Sal Wieliczka.

Sobre os campos de concentração, prefiro não falar muito. É certo que foi muito mais do que uma visita e sei que se vai reflectir na minha visão sobre algumas coisas a partir de agora.

DSCF3235

Estar num lugar onde mais de um milhão de pessoas foram mortas é difícil de ser expresso em palavras. A ambiência no ar, as paredes cheias de história. Fotografias, objectos, malas de viajem. Tanta coisa, tanta dor. Confesso que parte de mim sentiu-se mal por estar a visitar um lugar que nem sequer devia existir mais, mas gostei da experiência e acho que foi benéfica.DSCF3244

 

 

 

 

 

Quanto às minas de sal, acho que nunca desci tantas escadas em toda a minha vida. Foram 52 lances de escadas que me levaram a 110 metros de profundidade do solo e depois mais 20 metros, sendo um total de 130 metros da luz do dia.

Eu estava mais do que enterrada! Por assim dizer ahah.

Gostei imenso! Ouvi as lendas, conheci algumas das 14 capelas que existem dentro da mina e comprovei que as paredes e o chão eram realmente feitos de sal (não me perguntem como ahah).

Mais uma vez, não vou contar pormenorizadamente cada uma das lendas, nem detalhar passo a passo o percurso, mas resumidamente, afirmo que foi, divertidíssomo.

Tive muita sorte no tempo também. Esteve sol na sexta e no sábado e para finalizar a viagem com a cereja no cimo do bolo, no domingo nevou durante a manhã.

Eu comi pratos típicos do país, entrei em coffee shops, bistros, restaurantes com nomes impossíveis de se ler ahah, estive no HardRock, fiz compras e criei memórias.

Vou ter saudades, confesso. Foi uma viajem onde muita coisa aconteceu e espero um dia voltar lá.

XX Carol

P.S. O artigo foi escrito ontem😀 mas infelizmente não tinha as fotografias comigo!

 

This entry was posted in: Lugares

por

Carol. 21 anos. Sonhadora a tempo inteiro, escritora nas horas vagas. Apaixonada por música, dança, moda e literatura. UMinho- Design e Marketing de Moda

Comenta aqui!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s